AS VEIAS ABERTAS DA AMERICA EDUARDO GALEANO PDF

Eduardo Galeano nasceu em Montevidйu, Uruguai, no dia 3 de setembro de Acabou exercendo trabalhos diferenciados, como caixa de banco e datilуgrafo. Em , Eduardo Galeano mudou-se para a Espanha, por causa da crescente violкncia da ditadura argentina. Nesse mesmo ano voltou ao Uruguai. Eduardo Galeano faleceu em Montevidйu, no Uruguai, no dia 13 de abril de Desde trabalha na redaзгo e revisгo de conteъdos educativos para a web.

Author:Kizragore Zulkigal
Country:Poland
Language:English (Spanish)
Genre:Sex
Published (Last):23 September 2016
Pages:276
PDF File Size:19.98 Mb
ePub File Size:10.36 Mb
ISBN:462-8-24176-869-5
Downloads:14918
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Bracage



Leitura imperdнvel para aqueles que gostam, querem ou precisam entender a Histуria da Amйrica Latina. As veias abertas da Amйrica Latina, de Eduardo Galeano, foi publicado pela primeira vez em e editado em praticamente todos os paнses do continente, vбrios paнses da Europa e nos EUA.

Na obra o autor propхe um inventбrio dos anos da histуria do continente retratando as suas principais bases: a economia agrнcola e mineradora dominada pelo mercado internacional, com o objetivo de gerar lucros para a potкncia dominadora; a pobreza social como resultado de um sistema econфmico externo e excludente, que privilegia uma minoria financeiramente capaz de integrar-se aos padrхes de consumo; a opressгo de governos centralizadores contra as minorias, produzindo genocнdios e o caos social; a exploraзгo do trabalho e as pйssimas condiзхes de sobrevivкncia para a grande maioria de sua populaзгo.

Num relato informal, para entender a histуria e a atual situaзгo da Amйrica Latina, Galeano narra os fatos fora de uma seqькncia cronolуgica, fazendo com que passado e presente conversem entre si na mesma obra, determinando o ponto de vista do autor: o continente foi e й peзa importante no enriquecimento de poucas naзхes, e o preзo que paga por isso й o seu subdesenvolvimento crфnico, suas eternas crises sociais e seu status de colфnia.

A riqueza das potкncias й a pobreza da Amйrica Latina, diz Galeano em certa passagem do livro. O livro mostra como os espanhуis e portugueses chegaram аquelas terras virgens no sйculo XV e se aproveitaram das riquezas que o continente possuнa.

Os espanhуis, fixados desde o planalto mexicano atй os Andes, tiveram sorte e encontraram ouro e prata nas primeiras andanзas. Os portugueses, ocupando a faixa litorвnea do Oceano Atlвntico, tiveram de construir um impйrio colonial а base da cana-de-aзъcar enquanto nгo encontravam os metais. Embora em бreas diferentes, a tфnica da exploraзгo foi a mesma: trabalho forзado, agressгo fнsica, enriquecimento, opressгo colonial.

Os espanhуis encontraram dois exйrcitos de mгo-de-obra disponнveis: os нndios astecas no Mйxico e os incas no Peru. Estas civilizaзхes, para o autor, retratam o carбter do domнnio colonial: socialmente e militarmente evoluнdas, foram destruнdas nas minas e com o trabalho forзado nas mitas e encomiendas.

Jб os portugueses, depois de tentar a exploraзгo dos нndios nos engenhos de aзъcar e nгo obter sucesso, transformaram-se no maior traficante de negros mundial. Vindos da Бfrica, os negros deixavam а forзa seus reinos para, em terras brasileiras, ser escravos e motor da produзгo aзucareira. Apуs narrar a glуria desses centros produtivos de riqueza colonial que, como faz questгo de ressaltar, nгo ficava na Espanha e nem em Portugal: destinava-se a pagar as dнvidas que estes paнses tinham com a potкncia que lhes roubaria o domнnio econфmico da Amйrica: a Inglaterra, Galeano traz a exploraзгo para o presente e fala da decadкncia dessas regiхes.

Citando a teoria marxista da divisгo do trabalho entre operбrio e patrгo, Galeano afirma que enquanto a Europa era o cavaleiro que levava as glуrias, a Amйrica era o cavalo que fazia todo o serviзo.

Apesar de longo, encontramos na obra de uma linguagem simples, nгo-acadкmica, que atrai o leitor. O autor procura compreender o processo de formaзгo da regiгo, discutindo os vбrios interesses existentes, desde as contradiзхes internas, atй a postura do imperialismo britвnico e norte americano, dedicando inclusive alguns capнtulos ao Brasil. Trecho do livro Em , Tъpac Amaru sitiou Cuzco. Este cacique mestiзo, descendente direto dos imperadores Incas, encabeзou o movimento messiвnico e revolucionбrio de maior envergadura.

A grande rebeliгo estourou na provнncia de Tinta. Montado em seu cavalo branco, Tъpac Amaru entrou na praзa de Tugasuca e, ao som de tambores e pututus, anunciou que havia condenado а forca o corregidor real Antonio Juan de Arriaga, e dispфs a proibiзгo da mita de Potosн. A provнncia de Tinta estava ficando despovoada por causa do serviзo obrigatуrio nos socavгos de prata da montanha.

Poucos dias depois, Tъpac Amaru expediu um novo comunicado pelo qual decretava a liberdade dos escravos. Aboliu todos os impostos e o repartimiento de mгo-de-obra indнgena em todas suas formas. Os indнgenas se juntaram, aos milhares, аs forзas do " pai de todos os pobres e de todos os miserбveis e desvaliados ". А frente de seus guerrilheiros, o caudilho lanзou-se sobre Cuzco. Marchava pregando seu credo: todos os que morressem sob suas ordens nesta guerra ressuscitariam para desfrutar as felicidades e riquezas de que tinham sido despojados pelos invasores.

Sucederam-se vitуrias e derrotas; no fim, traнdo e capturado por um de seus chefes, Tъpac Amaru foi entregue, amarrado com correntes, aos espanhуis. Em seu calabouзo, entrou o visitador Areche para exigir-lhe, em troca de promessas, os nomes dos cъmplices da rebeliгo. Tъpac Amaru repondeu-lhe com desprezo: "Aqui nгo hб mais cъmplice que tu e eu; tu por opressor, e eu por libertador, merecemos a morte". Tъpac Amaru foi submetido a suplнcios, junto com sua esposa, seus filhos e seus principais partidбrios, na praзa de Wacaypata, em Cuzco.

Cortaram-lhe a lнngua. Amarraram seus braзos e pernas em quatro cavalos, para esquartejб-lo, mas o corpo nгo se partiu. Decapitaram-no ao pй da forca. Enviaram sua cabeзa para Tinta. Um de seus braзos foi para Tungasuca e o outro para Carabaya.

Mandaram uma perna para Santa Rosa e a outra para Livitaca. Queimaram-lhe o tronco e jogaram a cinzas no rio Watanay. Recomendou-se que fosse extinta toda sua descendкncia, atй o quarto grau.

GRAM NYAYALAYA ACT 2009 PDF

As Veias Abertas da América Latina – Eduardo Galeano

Doshicage From the eve, the gap expands. History in Latin America. This book would be better in English. I still need a little help with Spanish so this was a good effort. Please do not remove this message until conditions to do so are met. Most of the history is new to me. Want to Read saving….

IM WELTINNENRAUM DES KAPITALS PDF

As veias abertas da Amйrica Latina, de Eduardo Galeano

Leitura imperdнvel para aqueles que gostam, querem ou precisam entender a Histуria da Amйrica Latina. As veias abertas da Amйrica Latina, de Eduardo Galeano, foi publicado pela primeira vez em e editado em praticamente todos os paнses do continente, vбrios paнses da Europa e nos EUA. Na obra o autor propхe um inventбrio dos anos da histуria do continente retratando as suas principais bases: a economia agrнcola e mineradora dominada pelo mercado internacional, com o objetivo de gerar lucros para a potкncia dominadora; a pobreza social como resultado de um sistema econфmico externo e excludente, que privilegia uma minoria financeiramente capaz de integrar-se aos padrхes de consumo; a opressгo de governos centralizadores contra as minorias, produzindo genocнdios e o caos social; a exploraзгo do trabalho e as pйssimas condiзхes de sobrevivкncia para a grande maioria de sua populaзгo. Num relato informal, para entender a histуria e a atual situaзгo da Amйrica Latina, Galeano narra os fatos fora de uma seqькncia cronolуgica, fazendo com que passado e presente conversem entre si na mesma obra, determinando o ponto de vista do autor: o continente foi e й peзa importante no enriquecimento de poucas naзхes, e o preзo que paga por isso й o seu subdesenvolvimento crфnico, suas eternas crises sociais e seu status de colфnia.

APPLIED CALCULUS BERRESFORD 6TH EDITION PDF

As Veias Abertas da América Latina

.

ENTRAPPED BY SNEHA KEDAR PDF

Eduardo Galeano | 8 livros para download em PDF

.

Related Articles